Blog

CONFALA completa um ano de existência

Por Cachaciê   •  13 abril de 2018   •  Compartilhar

 

*Por Carlos De Paula – Diretor Presidente da Confala

(Artigo reproduz discurso feito em evento comemorativo em 11/04/18)

 

Há exatamente um ano, quatorze apreciadores de cachaça fundavam a primeira confraria da cachaça de Belo Horizonte. Naquela ocasião, discutíamos o quanto era inusitado a capital mineira ainda não ter uma confraria da cachaça.

Hoje constatamos com certa surpresa que em apenas doze meses saímos do zero para sermos uma das maiores confrarias da cachaça do Brasil. Uma das mais atuantes e a única com registro formal (CNPJ) e filiação a ANPAQ.

Nossa diretoria trabalha visando ser justa, ética e dedicada, para que a CONFALA cresça cada dia mais. No início enfrentamos muita desconfiança. O que é natural, quando se pensa em Minas Gerais… O tal do mineiro é desconfiado, mesmo. Quantos de nós confrades não ouvíamos a pergunta: _ O que vocês vão ganhar com isso?

Aos poucos, com postura ética, organização e o que eu costumo chamar de uma “irreverencia responsável” fomos arregimentando importantes apoiadores e de maneira cada vez mais veloz; dando volume ao movimento de resgate e valorização da nossa bebida brasileira.

Grandes feitos e conquistas são atingidos com amor e dedicação. Nem sempre o dinheiro é decisivo. As guerras são assim, basta lembrarmos do exemplo EUA x VIETNÃ…

Assim tem sido na CONFALA. Acreditem! Estamos diante de uma batalha, transformar Belo Horizonte na Capital da Cachaça de Alambique. Assim como Gramado é do chocolate e Blumenau é da cerveja artesanal.

O Mineiro de classe média tem que entender da nossa bebida, tem que saber a história da cachaça. Aí está a importância da CONFALA. É através dela que trazemos pessoas comuns de outros segmentos da sociedade para o meio da cachaça. Não é a toa que na CONFALA tem pessoas de faixas etárias de 21 a 63 anos, das mais diferentes profissões: engenheiros, advogados, garçons, empresários, professores, dentistas, e por aí vai!

A CONFALA é mantida com recursos próprios, contribuição financeira direta de cada membro. E por que fazemos isso? Por que a nossa confraria é formada por apaixonados! Apaixonados pela CACHAÇA, pela história, pelas tradições do nosso estado, de Minas Gerais!

Reza no rito das celebrações de aniversário, que é permitido fazer um pedido. Então nós membros da Confraria Mineira da Cachaça pedimos algo que é vital para nossa batalha: senhores líderes do segmento da cachaça sejamos mais unidos. Vamos nos despir das vaidades!

Sejamos defensores das instituições envolvidas com a Cachaça! Devemos nos sentir parte e por isso responsáveis pelo sucesso e bom andamento da CONFALA, da CONVIDA, da ABCA, pela manutenção da grandiosidade da EXPOCACHAÇA, por fortalecer as entidades representativas como ANPAQ, o SINDBEBIDAS.

A Cachaça precisa e merece isso!

Sobre o Autor do Artigo

*Carlos de Paula Coelho de Souza é formado em Ciências Contábeis (UFMG), Pós-Graduado em Gestão de Cooperativas de Crédito.

Apreciador e estudioso de cachaça, Diretor Fundador da CONFALA (Confraria Alambiques de Minas) e membro da ABCA (Academia Brasileira da Cachaça de Alambique).

**O Cachaciê não se responsabiliza pelas opiniões emitidas em artigos assinados.