Blog

Exagerou na Caipirinha e agora?

Por Cachaciê   •  15 maio de 2019   •  Compartilhar

Por Kelly Costa

 

 

Confira abaixo algumas dicas para prevenir a ressaca e até uma receita de Caipi Suco, para ajudar nesta tarefa, mas sem perder o clima de Caipirinha.

 

O álcool ainda é visto como vilão entre a maioria das pessoas, mas na verdade o grande vilão mesmo é o excesso na ingestão de qualquer bebida alcoólica. Seja whisky, conhaque, tequila, rum, vodka, cachaça, ou qualquer drinque feito com base alcoólica como, por exemplo, a nossa Caipirinha.

 

No entanto, com alguns cuidados antes, durante e depois de ingerirmos bebidas à base de álcool é possível evitarmos desconfortos.

 

Primeiro, vamos começar entendendo o que provoca a ressaca e, então, ficará mais fácil planejar como evitá-la, não é mesmo?

 

Toda vez que nosso organismo tem impacto com uma carga excessiva de álcool, ele acaba tendo que trabalhar dobrado para livrar-se do destilado que está dentro dele, porque entende que possa estar passando por algum tipo de intoxicação. Daí, acaba sobrando para o fígado que é o órgão principal responsável pelo processo de absorver e eliminar os excessos no nosso corpo.

 

Neste processo todo, como o trabalho acaba sendo mais intenso, o órgão libera enzimas na mesma proporção (em excesso) e isso faz com que o metabolismo fique descompensado e o sistema nervoso acaba também sendo afetado e por aí vai…

 

Vale destacar ainda que em situações de jejum, o metabolismo quando submetido ao excesso de álcool, acaba fazendo com que o corpo deixe de liberar açúcar no sangue, com a mesma eficiência de sempre, podendo assim causar uma hipoglicemia.

 

E não para por aí não, porque o álcool também faz com que o corpo elimine mais água, podendo causar uma desidratação.

 

Desta forma, percebemos que o consumo excessivo de álcool causa uma sucessão de efeitos sobre o corpo e, consequentemente, acaba causando efeitos de mal-estar, como pernas fracas, dor de cabeça, tremores, náuseas, gosto estranho na boca, entre tantos outros sintomas.

 

Mas calma, porque até aqui falamos somente sobre o que provoca a ressaca e os principais sintomas, no entanto, agora vamos comentar sobre alguns cuidados para acelerar o processo de eliminar o excesso de álcool no organismo.

 

São detalhes para antes, durante e após a ingestão de qualquer bebida alcoólica, mesmo as fermentadas (como cerveja e vinho), visando evitar possíveis desconfortos e até mesmo curar a ressaca.

 

Evite a resseca! Afinal, o ditado é velho, mas é válido: “prevenir é o melhor remédio”. Vamos lá:

 

Antes de começar a beber:

 

A regra é única: Jamais comece a beber com o estômago vazio, uma refeição antes de ingerir álcool é sempre bem-vinda.

 

Enquanto estiver bebendo:

 

1. Beba moderadamente;

 

2. Enquanto estiver bebendo, intercale sempre com água mineral, água de coco ou suco natural, assim você evita a desidratação;

 

3. Entre cada copo de bebida, coma algo que contenha gordura, como por exemplo: um pedaço de queijo amarelo;

 

4. Evite misturar tipos diferentes de bebidas.

 

Após beber:

 

1. Segundo alguns especialistas, sucos ricos em vitamina C, como acerola, kiwi, tangerina, laranja e limão são poderosos antioxidantes e auxiliam a atenuar os efeitos da ressaca.

 

Já os alimentos como canela, mate natural e chocolate quente também podem ser  úteis para melhorar a disposição e evitar que a dor de cabeça se agrave. Além do  mal-estar e diminuição da força física (asthenia).

 

Na lista de remédios naturais, temos também o gengibre, o alho e a curcuma, que são anti-inflamatórios naturais e podem também ser úteis nessas ocasiões.

 

2. Evite leite de vaca, frituras e alimentos gordurosos.

 

3. Consuma carnes magras, legumes frescos crus ou cozidos e alimentos integrais.

 

Assim, evita-se a desidratação, a hipoglicemia e o corpo tem mais tempo para metabolizar o etanol, diminuindo o risco da ressaca.

 

Palavra do Especialista – Dr. Pedro Assed

 

“No período pós-ingestão de bebida alcoólica, ocorre desidratação por perda de sais minerais e eletrólitos. Ocorre excesso de diurese, causado pela inibição do hormônio anti-diurético pelo álcool, além da diminuição dos níveis sanguíneos de glicose, provocando hipoglicemia muitas vezes assintomática – sem apresentar sintomas – por períodos prolongados”, declara o endocrinologista Pedro Assed, membro da SBEM (Sociedade Brasileira de Educação Matemática) e mestre em endocrinologia pela UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) no portal Delas – iG (http://delas.ig.com.br/alimentacao-e-bem-estar/2018-01-01/como-curar-ressaca.html )

 

Receita CaipiSuco

 

Quando estou em casa, nas tardes de degustação de caipirinhas, para fazer novas receitas para o Blog Caipirinha Prendada, sempre acabo fazendo também algum Caipi Suco, que é a releitura da Caipirinha, mas sem cachaça.

 

Uma que funciona muito para combater a ressaca é o Caipi Suco tradicional, com limão. Confira a receita abaixo e faça o teste deste Caipi Suco em sua casa:

 

Caipi Suco de Limão

 

Ingredientes:

 

–         1 limão

–         2 colheres (sobremesa) de açúcar

–         100 ml água com gás

–         gelo a vontade

 

Modo de Fazer:

 

–         Prepare o limão no copo e macere bem para soltar o caldo

–         Acrescenta o gelo

–         Coloca a água com gás

–         Agora só mexer bem e tomar

 

Pode ir completando com água, à medida que for tomando, até acabar o sabor do limão.

 

Esta receita é legal, tanto para intercalar com a Caipirinha, como para quem vai dirigir e não pode beber. Ou ainda para quem gosta do ritual da caipirinha com copo decorado e pedaços de frutas, mas não bebe nada alcóolico. Esta receita tem mil e uma desculpa para ser apreciada.

 

Sobre a Autora

 

 

Kelly Costa é jornalista pós-graduada em comunicação corporativa. De apreciadora de caipirinha, agora atua como Caipi Chef, como ela se intitula por se dedicar somente às experiências e estudos sobre caipirinha. Ela tem uma coluna mensal no Portal Cachaciê (www.cachacie.com.br), é autora do Blog Caipirinha Prendada (www.caipirinhaprendada.com.br) e do Livro Caipirinhas – 60 Dicas Testadas e Aprovadas; e administradora das respectivas redes sociais @caipirinhaprendada / (11) 9 8119-0366 / rodavt.comunicacao@gmail.com

 

Lembre-se: Beba com moderação para não estragar a diversão.

Se Beber não Dirija

Bebidas alcoólicas são proibido para menores de 18 anos

Fotos: Acervo Caipirinha Prendada