Blog

Thiago Lara – fermento novo e forte na Dama da Noite!

Por Cachaciê   •  3 maio de 2019   •  Compartilhar

 

Thiago Lara Barroso (38 anos) é a quinta geração de produtores da cachaça mineira Dama da Noite. Em entrevista abaixo o empresário conta um pouco de sua história com a cachaça. Confira!

 

 

(Cachaciê): Há quanto tempo você se dedica à cachaça?

 

(Thiago Lara ): Há 8 anos.

 

(Cachaciê): Por quê você optou por ser um empresário do setor da cachaça?

 

(Thiago Lara ): Minha família fabrica cachaça há mais de 160 anos. Sempre tive uma relação próxima com a cachaça. Nasci em Belo Horizonte, mas nas férias sempre ia pra a fazenda, em Leme do Prado (MG) e era inevitável o contato com a produção. Meu vô, que ainda é vivo, entregou o alambique para os filhos darem continuidade, mas o interesse em trabalhar com a Dama da Noite foi maior de meu pai. Quando meu pai comprou a parte dos irmãos, passei a ter mais liberdade de executar minhas ideias.

 

(Cachaciê): Na sua opinião o que de mais importante você agrega ao negócio?

 

(Thiago Lara ): Pessoas novas em qualquer tipo de trabalho, chegam com novas ideias. Quando comecei a trabalhar com a cachaça, a primeira ideia que apresentei foi a separação das madeiras, antes a Dama da Noite era engarrafada apenas como ouro, sem especificar a madeira, e prata. Agora separamos as madeiras e criamos um rotulo para cada produto. Depois veio a criação das bebidas mistas, e também a variação de embalagens e kits. Como eu fico por conta da parte comercial, faço o estreitamento das relações, com pessoas que possam agregar ao nosso trabalho.

 

(Cachaciê): A Dama da Noite é um negócio de família?

 

(Thiago Lara ): Sim. A Dama da Noite começou a ser fabricada pelo meu tataravô, em 1850, chamado de Capitão Barroso, e foi passando para as gerações futuras. Eu sou a quinta geração. Sempre foi fabricada pela família, sem interrupção.

 

(Cachaciê): Quais seus planos futuros para a Cachaça Dama da Noite?

 

(Thiago Lara ): Nossos planos para a Dama da Noite são muitos: primeiro nunca perder a tradição e qualidade, mas inovar sempre à medida que o mercado exige. E transformar a fazenda em uma pousada, onde os hospedes podem conhecer de perto como é produzir uma cachaça original de alambique. Hoje os viajantes que passam na região sempre param por lá pra conhecer. O alambique pode ser visitado, basta um agendamento prévio.

 

(Cachaciê): Qual o diferencial da Dama da Noite e seus produtos?

 

(Thiago Lara ): Um ponto forte da Dama da Noite é a tradição e o cuidado em todos os processos. Também o tempo de mercado e a variedade de produtos.

 

(Cachaciê): Em quais mercados vocês atuam?

 

(Thiago Lara ): Trabalhamos com as vendas em vários tipos de mercados, temos as vendas diretas para o cliente, e fazemos negócios com distribuidores, em bares, restaurantes e lojas nos mercados. Nós inclusive temos uma loja da cachaça Dama da Noite no Mercado Municipal de Belo Horizonte. O objetivo é sempre o consumidor final, aquela pessoa que pega a garrafa numa prateleira ou pede uma dose no bar. As vendas para os revendedores também são muito importantes, através de boas parcerias, eles que irão trabalhar nosso produto para esse consumidor final.

 

 

 

Saiba mais sobre a Cachaça Dama da Noite: 

·        www.cachacadamadanoite.com.br

·        @cachacadamadanoite.com

·        Loja da Cachaça Dama da Noite no Mercado Central