Blog

Tripla Alambicada

Por Cachaciê   •  3 setembro de 2018   •  Compartilhar

Arnaldo Ribeiro, do Cana Brasil, realiza experiência tripla, de destilação com equipamentos produzidos pela Santa Efigênia.

Há 70 anos atrás a Santa Efigênia iniciou suas atividades com a produção de equipamentos para o setor da cachaça. No entanto hoje também atende ao mercado de gin, vodca, whisky, rum, pisco,
e cerveja artesanal, tanto no Brasil, quanto em outros países, unindo tradição + inovação!

Veja que vídeo curioso, nele é possível perceber nitidamente a diferença entre os modelos de alambiques:

Aguardente de Banana

Em um alambique de cobre de pequeno porte – apenas 5 litros – Arnaldo produz aguardente de banana.

Atenção, a descrição correta é aguardente de banana, e não “cachaça de banana”, como erroneamente muitas vezes se encontra descrito nos rótulos.

Whisky

Em um outro alambique também de cobre, de 10 litros, modelo “pescoço de cisne”, a destilação é de whisky. Para a produção deste destilado o processo adotado é o da bi-destilacão. Ou seja
obrigatoriamente a destilação é feita em duas etapas.

Cachaça

E em um outro alambique de cobre, de grande porte, Arnaldo produz cachaça.

O Centro de Treinamento Cana Brasil já treinou mais de 4 mil alunos, nos cursos de mestre alambiqueiro, blend e padronização, bebidas mistas e sommelier de cachaça. E está localizado em
Itaverava/MG, mesma cidade onde se encontra a fábrica dos Alambiques Santa Efigênia.

Para saber mais: www.alambiquessantaefigenia.com.br
Para saber mais: www.canabrasil.com.br

Observação: (Direto do Alambique) – é a Coluna do Portal
Cachaciê, que traz curiosidades sobre as destilarias de cachaça.